Rua Minas Gerais, 2061 - Edifício Day Saúde – Sala 501 - Cascavel - PR

Ortodontia na Escola será aliado no combate ao bullying



Evidências recentes demonstraram que alterações bucais, como ausência de dentes, espaços entre os dentes e as más oclusões são os motivos mais recorrentes do bullying em adolescentes. Tais episódios culminam em consequências negativas, como a depressão, abandono dos estudos e até suicídio.

Com estes e outros argumentos, a deputada federal Celina Leão (PP-DF) apresentou, na Câmara, em 17 de abril, o Projeto de Lei 2.416/2019, o qual prevê a contratação de um ortodontista para cada 10 escolas da rede pública de ensino para atender crianças com idade entre 6 e 12 anos. O objetivo da proposta é evitar que estes estudantes cheguem à adolescência e à fase adulta com alterações bucais significativas, as quais também afetam, em muitos casos, o desenvolvimento físico e cognitivo.

A presença do ortodontista no âmbito escolar, de acordo com a congressista, tem como meta central o “a promoção da autoestima e bem-estar psicológico, essenciais à saúde integral das crianças e adolescentes”. Para ver o projeto na íntegra, clique aqui.